fbpx
Braga | Profitecla

A Escola Profissional Profitecla de Braga apresentou, na última sexta-feira (3 de junho), o projeto “Braga a Sete Chaves”. Trata-se de uma iniciativa que vai decorrer durante o mês de junho e que conta com a colaboração de três parceiros do estabelecimento de ensino: Santa Casa da Misericórdia de Braga, Câmara Municipal de Braga e Junta de Freguesia de S. Victor.

Um dos grandes objetivos do “Braga a Sete Chaves” passa proporcionar aos turistas uma «experiência única» em sete monumentos da cidade, nomeadamente nas igrejas de S. Victor, Senhora-a-Branca, Misericórdia e S. Marcos, bem como das capelas de Guadalupe e de S. Bentinho e ainda o Palácio do Raio. O roteiro inclui dois locais de partida (S. Marcos e Senhora-a-Branca) e, a partir daí, os participantes são desafiados a desfrutar das sete visitas e a procurar as sete chaves, num itinerário «diferente do habitual».

Os alunos estagiários de Turismo e Comunicação da Profitecla de Braga, responsáveis pela concepção do projeto de início ao fim, estarão no terreno a acompanhar as visitas aos diversos edifícios que constituem o património da cidade, auxiliando os turistas a conhecerem um pouco mais sobre cada um dos edifícios.

«O que pretendemos é desenvolver e promover o setor turístico na cidade de Braga, tentar dar algo aos turistas e visitantes nestes espaços, não só com uma viagem interpretativa, mas proporcionando uma experiência diferente», disse Sérgio Pinto, da Comissão Executiva do polo de Braga da Profitecla, que na conferência de imprensa esteve acompanhado por Bernardo Reis, Provedor da Santa Casa, Ricardo Silva, presidente da Junta de Freguesia de S. Victor, e António Barroso, adjunto do presidente da autarquia de Braga, Ricardo Rio.

Read More
Braga a Sete Chaves
Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on telegram
Share on linkedin

Deixa teu contacto
para ligarmos mais tarde


    Tens alguma dúvida?